top of page
  • Foto do escritorJean Caetano

Conheça a nova série de placas de vídeo da NVIDIA

Atualizado: 6 de dez. de 2022

A nova série 40 das placas de vídeo da NVIDIA, com seus polêmicos prós e contras!

Por: Vitor Diego de Lima.


No dia 20 de setembro de 2022, houve uma livestream de anúncio da nova série de placas de vídeo da NVIDIA – uma famosa empresa de tecnologias, por conta de suas adoradas VGA 's. Durante o evento, a série 40 teve as primeiras versões soltas ao público: RTX 4090, a mais nova topo de linha. E, as polêmicas RTX 4080 de 12 GB’’s, e RTX 4080 e 16 GB 's. Falaremos mais sobre essas polêmicas das duas placas depois.


Um novo topo para as placas de vídeo

A RTX 4090 teve seu desempenho avaliado em 50% até 4 vezes mais performance do que a anterior RTX 3090 Ti, a depender do cenário onde suas tecnologias, da arquitetura Ada Lovelace, poderiam ser utilizadas ao máximo – como o DLSS 3.0 e o novo Ray Tracing. O salto das RTX 4080, quando comparadas à RTX 3080 Ti da geração anterior, chegaram a até 3 vezes mais desempenho. Confira informações detalhadas aqui.



Entretanto, alguns críticos da tecnologia indicam que as demonstrações da NVIDIA, em certos gráficos, são tendenciosas – principalmente quando o novo DLSS 3.0 tem seu brilho. Neste específico caso, que abrange pouquíssimos jogos com suporte para essa feature, é onde a placa chega a até 4 vezes mais performance do que a RTX 3090 Ti. Caso contrário, teria apenas 50% mais de desempenho.

Problemas e o custo benefício

E segue o fio das complicações: durante o lançamento, tivemos a aparição de duas versões da RTX 4080, lembram? Uma de 12 GB e outra de 16 GB. Se o caso fosse apenas sobre a memória de vídeo, como é indicado no nome, poderia ser compreensível. Mas, a diferença abusiva de preço e os features distintos de performance, fazem crer que esta deveria ser nomeada como “RTX 4070”, ao invés de se apropriar do nome de outra categoria. A ação da nomenclatura foi arduamente criticada pela comunidade de usuários em diversas redes. Tamanha foi a repercussão, que a NVIDIA cancelou o lançamento da RTX 4080 de 12GB ‘s. E essa não foi a última sujeirinha. A nova RTX 4090 possuía características distintas bem destacadas: um consumo imenso de energia, e tamanho proporcional a este. Muitos gabinetes sequer tinham espaço para alojamento da gigantesca placa. Porém, isso não foi tão problemático assim, já que virou um meme para as comunidades de hardware.

O empecilho está na adaptação de cabos para o consumo de energia. Diz-se ter criado um adaptador próprio de cabos para que fosse possível suprir a alimentação da placa, com três entradas de 16 pinos. O real problema? Um usuário registrou sua experiência com o cabo: a placa derreteu o conector, e a entrada de energia.


Conector de energia derretido de uma RTX 4090.

Plugue de energia novo da RTX 4090 – derretido.

Mas agora, vamos falar um pouco sobre a realidade. Principalmente, a brasileira. Apesar da proposta maravilhosa, o preço das placas não é destinado para o público de baixa renda. Clique nos links e veja você mesmo, o preço de uma RTX 4080, e de uma RTX 4090, em R$.

Não é fácil para um brasileiro, que mal ganha o dinheiro para subsistência, ter o suficiente para comprar uma placa de vídeo com tão pouco suporte da nova geração, e ainda em estado de provação. Essa é a grande realidade da maioria das pessoas. Se não houver um requisito especial de serviço, como streaming pesado, edição de vídeos de extrema qualidade, ou jogos em 4K na qualidade máxima, a RTX 4090 é completamente desnecessária. Placas da série 30, desde a RTX 3060 Ti já apresentam desempenho suficiente para a maioria das necessidades. E, veja o preço. A diferença é discrepante. Apesar da inovação ser maravilhosa, ainda podemos dizer que a RTX 4090 engatinha no mercado. Conforme o preço abaixe, e as peças se tornem mais acessíveis ao público comum, teremos um aproveitamento muito maior da tecnologia para todo tipo de usuário.




18 visualizações0 comentário

Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page