top of page
  • Foto do escritorRui Jackson Roeder Junior

Os princípios do Design

Atualizado: 23 de set. de 2022

Você já se perguntou como fazer um design ser bem sucedido?

Neste artigo, falaremos sobre os princípios do design e sua importância. Esse conjunto de ferramentas irá lhe auxiliar a criar uma estrutura organizada e capaz de entregar uma mensagem clara. Além de lhe apresentar as definições desses princípios, também iremos mostrar alguns exemplos que irão lhe ajudar a entender melhor o significado.


mulher-em-casa-usando-smartphone-na-frente-do-computador-enquanto-toma-café
 

Por que é importante conhecer os princípios do Design?

Uma peça de Design, quando bem feita, ajuda um negócio a aumentar sua relevância e vender mais. Tanto no meio online quanto offline. O uso de textos, cores e imagens, aliado à organização e hierarquia deve ser capaz de reter a atenção das pessoas.

Os princípios de Design são agradáveis aos olhos, e por isso, podem ajudar a capturar e manter a atenção do público. Além disso, os princípios do Design também são cruciais em relação ao caráter informativo, trazendo conhecimento para o seu público.


Quais são os princípios do Design?

Os princípios do design são um conjunto de regras que designers podem seguir quando estão criando uma composição, para obterem um resultado visivelmente agradável e harmônico. O propósito destas regras é entregar uma mensagem da forma mais organizada e funcional possível.


 

Equilíbrio

Qualquer elemento em uma página carrega um peso visual, pode variar na forma, tamanho, cor e textura. Para que o Design esteja em equilíbrio esses elementos precisam seguir uma determinada escala.



Por exemplo, em um design simétrico, os elementos na direita tem o mesmo peso visual que os elementos na esquerda. Designs simétricos são fáceis de equilibrar, mas também podem parecer chatos. Designs assimétricos tem diferentes lados, mas o mesmo peso visual, e ser capaz de encontrar equilíbrio em um design assimétrico pode resultar em um design visualmente interessante e que possui movimento.


Falta de equilíbrio fará com que o seu design pareça carregado demais de um lado e vazio demais no lado oposto.


Unidade

Unidade nos princípios de design é a harmonia produzida por todos os elementos que compõem a peça final do design.






Por exemplo, utilizar cores semelhantes que combinam organicamente com os demais elementos cria a impressão de que eles fazem parte de um todo e não estão apenas ali, colocados aleatoriamente na página.


Você conquista a unidade visual de um design ao relacionar de forma clara elementos visuais. Você encontra unidade em uma peça de design sempre que você consegue encontrar uma organização clara e ordem, quando os elementos da peça não estão “brigando” pela atenção do público, ao invés disso, os elementos trabalham juntos e fazem com que a mensagem seja transmitida de forma mais forte e clara.


Mas atenção, unidade demais pode resultar em falta de personalidade para a peça de design. E unidade de menos fará com que o seu design pareça confuso, a atenção do público será chamada pelo elemento errado e a mensagem não será transmitida de forma clara.


Uma dica é adicionar um elemento na sua peça apenas se ele destacar a mensagem que deve ser transmitida, pergunte-se o que o elemento irá adicionar à composição.


Contraste

O contraste se refere ao nível de diferença entre elementos de design com a intenção de criar um visual hierárquico. A variação faz determinados elementos se destacarem mais do que outros. Você pode aplicar contraste utilizando cores, texturas, dimensões e formas.


Em um layout, contraste é aplicado para criar hierarquia entre tamanho de fontes. Textos maiores tendem a serem lidos antes de textos menores.


Contraste pode criar um ponto focal à determinados elementos, que atraem a atenção dos olhos do leitor. Também pode ser utilizado para criar equilíbrio e harmonia ao nos certificarmos de que os elementos estão distribuídos corretamente em uma página. Falta de contraste torna uma peça de design sem graça, e faz com que o público não note a mensagem que a peça está tentando passar.


Contraste é importante especialmente na criação de documentos acessíveis. Letras pretas em um fundo branco são mais fáceis de serem lidas do que num fundo marrom.


Ênfase

Ênfase é a estratégia usada para chamar a atenção do público para um elemento específico, pode ser na forma de um botão, imagem, website. O propósito é criar algo que irá se sobressair do restante da peça criada.



Em uma peça de teatro, um holofote é utilizado para enfatizar um único artista durante o seu monólogo.


No design você pode utilizar diferentes elementos para destacar a parte específica do seu design, como linhas, cores, texturas, e muitas outras. Desde que você crie contraste, tanto com elementos ou cores, você estará criando ênfase.


LINHAS

criam direção em uma página, apontando para elementos específicos que ajudam o público a saber para onde ir.


FORMAS

também chamam a atenção. Utilizando um grupo de formas semelhantes e quebrando o grupo com uma forma diferente irá criar tensão e chamar a atenção.


CORES

criam ênfase em qualquer design, botões em websites geralmente contrastam com o fundo, criando um senso de urgência e chamando a atenção.


TEXTURA

pode ser vista em materiais e aumentam as sensações táteis do público, por exemplo, em um cartão de visitas pode ser adicionada uma textura na logo para enfatizá-la. Digitalmente, a textura pode ser aplicada como efeito de sombras para criar uma sensação tridimensional.


ESPAÇO

é outra opção para enfatizar certos elementos de um design. Espaço em branco em torno de um objeto pode priorizar o foco neste objeto.


Repetição

A repetição tem relação com sensações de calmaria e previsibilidade. Além de tornar o trabalho mais vivo e atraente. Consiste em repetir um único elemento através do design.




Em um website podemos ver a repetição no menu, que dá aos usuários uma sensação de constância que faz com que eles se sintam confortáveis e familiarizados com o design. Também podemos utilizar a repetição para repetir elementos como uma logo, num mesmo local de um website, em páginas diferentes.


Além disso, utiliza-se a repetição quando se quer destacar algo, visando tornar a mensagem mais clara para o usuário.


Padrão

Naturalmente, à medida que mais elementos são adicionados à uma composição, a probabilidade de que um ou mais desses elementos se repitam, aumenta. À medida que esses elementos se repetem, é dever do designer organizar esses elementos de forma a trazer uma sensação de semelhança ao design. E isso é obtido pela implementação de um padrão visualmente consistente em toda a composição.


A diferença entre repetição e padrão é que, enquanto a repetição foca em um único elemento sendo repetido pela composição, o padrão consiste em múltiplos elementos se repetirem pela composição, por exemplo plano de fundo.


A melhor forma de aplicar um padrão à uma composição é se certificando de que não haja falhas, de forma a criar uma única imagem. Veja o exemplo abaixo, quando as repetições do padrão não se encaixam, dão uma sensação estranha e desconfortável ao usuário, enquanto quando elas se encaixam fazem com que repetição pareça uma imagem só e não a repetição de elementos.

 

Gostou do conteúdo?

Os elementos e princípios do design são fundamentais para criar uma composição. E você pode aprender tudo isso e muito mais, com software profissional e professores qualificados, ingressando no curso de Produção Multimídia. Venha fazer parte do Universo Unidavi e ser um designer de sucesso. Inscreva-se abaixo, deixando seu e-mail e seu contato.


62 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page