top of page
  • Foto do escritorAgência Multimídia Experimental Unidavi

Produção Multimídia discute Acessibilidade Digital

Acadêmicos e professores do curso de Produção Multimídia se reuniram na noite de quarta-feira, 28, para conversar sobre Acessibilidade Digital. O tema, importante para quem estuda e trabalha com produção de conteúdo audiovisual, abrange diferentes recursos que possibilitam a navegação, compreensão e a interação de todas as pessoas na web.



A conversa foi com as representantes do Núcleo de Orientação a Pessoas com Necessidades Especiais (Nopne/Unidavi), coordenadora Marizete Serafim Hoffmann e Aline Martins Varela, professora de Libras - Língua Brasileira de Sinais, do Centro de Idiomas/Unidavi.


Outra participação marcante foi da pós-graduanda em Psicopedagogia e egressa de Pedagogia da Unidavi, Tayla Kuhnen que possui deficiência visual. Independente de suas dificuldades, Tayla utiliza computador e celular como ferramenta de estudos, trabalho, lazer e interação pelas redes sociais. Ela demonstrou o uso de computador equipado com o software leitor de tela (NVDA); do Instagram pelo celular e da escrita em braile. Também deu dicas aos atuais e futuros produtores multimídia visando adaptações para acesso à web de todos os públicos.



O encontro encerrou com apresentações audiovisuais do Link 2019 - Summit de Acessibilidade Digital, o maior evento do Brasil nesta área. Gratuito e com transmissão ao vivo pela internet, reuniu cases de sucesso de empresas; tecnologias inovadoras; tendências do mercado – como a audiodescrição - e histórias de pessoas, com e sem deficiência, a fim de tornar a web mais acessível a todos.


Graciela Pozzobon no Programa do Jô, fala sobre audiodescrição - Parte 1 e Parte 2

53 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page